NOTÍCIAS   |   CONHEÇA MIRASSOLÂNDIA   |   GALERIA DE FOTOS   |   TELEFONES ÚTEIS   |  FALE CONOSCO  |   WEB MAIL
 
 
 
 
 

Notícias / Agricultura

A- | A | A+  

Reunião de produtores rurais.
Mirassolândia - segunda-feira, 7 de maio de 2012

PRODUTORES RURAIS REUNEM-SE EM MIRASSOLANDIA-SP, PARA ENQUADRAMENTO NO PROGRAMA ESTADUAL DE MICROBACIAS II, ACESSO A L.INHAS DE CREDITO RURAL E ORIENTAÇÃO TECNICA PARA CONHECIMENTO E CONTROLE DA MOSCA NEGRA DOS CITROS.

 Estiveram reunidos no ultimo dia 16 de fevereiro de 2.012 no centro de lazer do trabalhador ¨”Manoel Mendes Pequito” em Mirassolândia, produtores rurais onde foram proferidas 4 palestras:

 1- Mosca Negra dos Citros(Aleurocanthus woglumi sp), Homóptera.     Palestrante; Eng. Agr.Odair Crepaldi –Fundecitros Votuporanga-SP.

Mais uma praga nova que está sendo encontrada nos citros, em alguns municípios do Estado de São Paulo: originária da Ásia. A bioecologia da pragas. Ao emergir os adultos apresentam cabeça amarelada e com o tórax e abdome de coloração alaranjada. Cerca de 24 hora após, os adultos apresentam coloração do corpo cinza-escura, com faixas avermelhadas no tórax e abdome, com tamanho de 0,99 a 1,24 mm, sendo que as fêmeas são maiores que o macho. Os ovos são colocados em forma espiralada, na superfície inferior das folhas de coloração inicial amarelo-alaranjado, em numero que pode chegar a 100 ovos. Os danos diretos são causados pela sucção continua de nutrientes das folhas e consequentemente depauperando as plantas, sendo que as ninfas e adultos se alimentam da seiva. Os danos indiretos são causados pelo aparecimento da fumagina sobre as folhas, provocado pelo crescimento de fungos sobre o exsudato da praga, fato que causa dificuldades na respiração e fotossíntese. O controle pode ser biológico, com inimigos naturais, ou o controle químico, com aplicação de inseticida imidacloprido(200SC) na dosagem de 20 ml do produto comercial/100: respeitada a carência para colheita do fruto de 21 dias. As medidas preventivas para evitar a disseminação desta praga são, evitar transporte de mudas, borbulhas contaminadas. Fazer a lavagem e desinfecção de frutos colhidos oriundo de pomares que tenham a presença desta praga, além dos tratores e implementos e materiais de colheita. A Poda leve de arvores hospedeiras presente nos quintais e que são vizinhos aos pomares comerciais.      

2- Linhas de Crédito Rural      

Palestrante : Gustavo R. A. Pedrosa  Banco Brasil Mirassol SP.

Expôs aos produtores rurais as linhas de crédito rural como PRONAF (custeio e investimento), PRONAF MAIS ALIMENTOS(Investimento, juros 2%a.a. na aquisição de tratores novos, aquisição de matrizes leite, carne, etc.) . Enquadram-se no  PRONAF os produtores rurais familiares com renda até R$ 110.000,00, e que tenham 70% dos rendimentos comprovados provenientes do Setor Agropecuário. Outra Linha de Crédito é o PRONAMP, destinados aos médios produtores. Outra liinha, ABC através do BNDS, incentiva produtores ao plantio de Seringueira com crédito até R$ 1.000.000,00.

3- Tratores John Deere                              

Palestrante; Glauco Moreira.

Apresentou slides com os modelos de tratores e expondo dois modelos,onde os presentes puderam, ver e tirar duvidas sobre o seu mecanismo de funcionamento.  Afirmou ainda que podem ser enquadrados no PRONAF Mais alimento e no PRO-TRATOR.

4- Cadeias produtivas do município e Região     

Palestrante: Eng.Agr. Carlos R. Geraldo-C. Agricultura. Mirassolândia-CATI-S J. R.Preto,

Ressaltou a necessidade dos produtores rurais do município e região se agruparem, formando associações,que devem ser devidamente legalizadas, e estarem pelo menos há um ano em pleno  funcionamento para enquadramento e encaminhamento das propostas e podendo então receber subvenções econômicas através do PROGRAMA ESTADUAL DE MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS II. Ressaltou que o limite Maximo de benefício está em R$ 800.000,00, para cada associação, sendo que 50,1% deste valor será para a implantação de infra-estrutura, como construção de alvenaria beneficiando até o projeto, consultorias necessárias, máquinas e equipamentos,veículos comunitários. Ressaltou ainda que a contrapartida será 30% do valor da proposta apresentada, devendo o terreno ser doado pela Prefeitura ou se construído em local privado o produtor deverá dar uma concessão para a associação no prazo de  vinte anos.  49,9% do orçamento, poderá ser beneficiado individualmente aos associados, deste até o limite de R$10.000,00 por CPF.

Estiveram presentes também o Sr. Prefeito Municipal João Carlos Fernandes,o Nenzão, O Gerente do Banco do Brasil ag. Pr. A. Moreira Mirassol, Sr Paulo G.F. Lopes, o Coordenador regional da Fundecitros Eng. Agr. Francisco Maschio, O Eng. Agr. José Haroldo da C.A. Balsamo, Produtores rurais dos Municípios de Balsamo, Ipiguá, Tanabi e São José do Rio preto,.

 Confira mais fotos

Carlos R. Geraldo - Eng.Agr. Casa da Agricultura. Mirassolândia - CATI-S J. R.Preto
 
Voltar          Imprimir

 
 
Nota Fiscal Eletrônica Decreto da NFS-e


Copyright © Prefeitura Municipal de Mirassolândia - Todos os direitos reservados.

Rua Antonio Batista Rodrigues, 364 - Centro - Mirassolândia - São Paulo - CEP 15145-000
Telefone (17) 3263-1307 | E-mail: prefeitura@mirassolandia.sp.gov.br