NOTÍCIAS   |   CONHEÇA MIRASSOLÂNDIA   |   GALERIA DE FOTOS   |   TELEFONES ÚTEIS   |  FALE CONOSCO  |   WEB MAIL
 
 
 
 
 

Notícias / Saúde

A- | A | A+  

Coordenadoria de Educação e Cultura e Coordenadoria de Saúdeorienta sobre a doença Mão-Pé-Boca (DMPB)
Mirassolândia - sexta-feira,20 de abril de 2018

 

A transmissão se dá pela via fecal/oral, através do contato direto entre as pessoas ou com as fezes, saliva e outras secreções, ou então através de alimentos e de objetos contaminados. Mesmo depois de recuperada, a pessoa pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas.

A Coordenadoria Municipal de Educação e Cultura em parceria com a Coordenadoria Municipal de Saúde trabalhará em conjunto para orientar e prevenir a doença, que nessa época do ano tende a aumentar.

A doença mão-pé-boca (HFMD, sigla em inglês) é uma enfermidade contagiosa causada pelo vírus Coxsackie da família dos enterovírus que habitam normalmente o sistema digestivo e também podem provocar estomatites (espécie de afta que afeta a mucosa da boca). Embora possa acometer também os adultos, ela é mais comum na infância, antes dos cinco anos de idade. Não há a necessidade de alarde, porém, é preciso que as mães, ou responsáveis pelas crianças fiquemem alerta.

 Quais são os sintomas?

 

Geralmente demora de 3 a 6 dias para uma pessoa ter os sintomas de que foi infectada. Dentre os sinais e sintomas estão:

• Febre

• Falta de apetite

• Dor de garganta

• Dor de cabeça

• Pequenas úlceras dolorosas dentro da boca, na língua, na parte interna das bochechas e gengivas (duram de 4 a 6 dias)

• Erupção ou vesículas (bolhas) na palma das mãos, dedos e na sola dos pés durante 7 a 10 dias

• As bolhas também podem aparecer nos joelhos, nos cotovelos, nas nádegas ou na região genital
Algumas pessoas podem não ter nenhum sintoma da doença, e somente sentir dor na boca ou ter uma erupção de pele. As crianças podem ficar desidratadas se tiverem dificuldade para tomar líquidos por causa das lesões dolorosas na boca.

Como as pessoas pegam a DMPB?

A DMPB pode estar presente nas fezes, nariz (muco) e garganta (cuspo, escarro) de uma pessoa infectada. Você pode pegar direta ou indiretamente, se:

• Aspirar ar contaminado com o vírus quando uma pessoa infectada espirrar ou tossir perto de você

• Tocar nas fezes de uma pessoa infectada (por ex. ao trocar uma fralda)

• Tocar no nariz (muco) e garganta (cuspo, escarro) de uma pessoa infectada e depois tocar no seus olhos, nariz ou boca

• Tocar em objetos tais como brinquedos e maçanetas de portas contaminados pelo vírus
A fase de contágio pelas pessoas infectadas é maior durante a primeira semana da doença, mas o vírus pode ficar no organismo durante várias semanas após a pessoa não ter mais sintomas. Isso significa que as pessoas infectadas ainda podem transmitir a infecção para terceiros mesmo que pareçam estar bem.

Como a DMPB é diagnosticada?

Um profissional de saúde pode diagnosticar a DMPB pelo exame das bolhas no corpo e as lesões na boca de uma pessoa com febre. Embora há exames de laboratório disponíveis, raramente são utilizados.

 De que forma a DMPB é tratada?

 

• É importante estar hidratado; dê líquidos frios para a criança;

• Evite alimentos apimentados ou ácidos e bebidas ácidas, pois podem fazer as lesões da boca doer mais.

 Como posso evitar a DMPB?

 

Não existe uma vacina contra a DMPB, mas você pode diminuir o risco de infecção:
• Lave as mãos com água e sabão, principalmente depois de usar o banheiro

• Descarte fraldas e artigos sujos com todo cuidado

• Use luvas ao aplicar loções ou tratamento nas bolhas/lesões

• Limpe e desinfete todos os brinquedos e áreas de troca de fraldas de uso comum (primeiro lave com água e sabão e depois com uma solução de água sanitária feita com uma colher de sopa de cloro com 4 copos de água)

• Evite contato (beijos, abraços, usar os mesmos copos) com pessoas infectadas

As crianças ou funcionários doentes devem deixar de ir à escola ou à creche?

As crianças que apresentam febre devem ficar em casa durante 24 horas depois que a febre passar sem ter tomado remédio para baixar a febre. Também devem ficar em casa as crianças que não estejam se sentindo bem o suficiente para participar de atividades. Adultos com febre ou que não se sintam bem o suficiente para prestar cuidados também devem ficar em casa.

Nos dias 23 e 24 de abril, segunda e terça-feira, não haverá aula na Creche Escola “Maria Luíza”, Creche Escola “Diva Teodoro de Oliveira” e EMEI “Pref. Paulo Roberto Gomes Barreto”, devido higienização das referidas Unidades de Ensino.

 

Coordenadoria Municipal de Educação e Cultura e Coordenadoria Municipal de Saúde
 
Voltar          Imprimir

 
 
Nota Fiscal Eletrônica Decreto da NFS-e


Copyright © Prefeitura Municipal de Mirassolândia - Todos os direitos reservados.

Rua Antonio Batista Rodrigues, 364 - Centro - Mirassolândia - São Paulo - CEP 15145-000
Telefone (17) 3263-1307 | E-mail: prefeitura@mirassolandia.sp.gov.br